ALCOVA

•maio 2, 2017 • Deixe um comentário

Alcova 1

Cabe na volta
Na saia que roda
Na palma que estala

Cabe no canto
No meio do pranto
Na queda que escala

Cabe a estrela
Se a estrela
Ela alcança

Cabe o mundo
Se no mundo
Ela dança.

 

ARQUITETURA ONÍRICA

•abril 30, 2017 • 2 Comentários

Edifico delírios,
Lampejos de templos,
Santuários consagrados
Para os olhos que podem ver.

ÉDEN

•abril 27, 2017 • Deixe um comentário

*Imagem feita em parceria com Daniela Karg

Fiquemos um pouco mais assim
Como se pertencêssemos a este jardim
E as eras pudessem passar como fantasmas
Ocupadas demais em serem importantes
Ou grandes demais para nos verem
Venha, vamos brincar
Eternizar insignificâncias
Isso nós podemos
Isso nós fazemos
Apenas porque é belo
Apenas porque é
Nunca pelo que foi
Jamais pelo que será
Apenas porque é
E nada mais.

VOAR

•abril 21, 2017 • Deixe um comentário

*Imagem feita em parceria com Daniela Karg

Torna-te o pássaro
na mesma medida em que ele se torna
toda a tua capacidade de acreditar em voar.

OCEÂNICA

•abril 12, 2017 • Deixe um comentário

*Imagem feita em parceria com Daniela Karg

Chegas como quem desembarca
De um navio que ninguém sabe
Em um porto que ninguém fez
Nesta ilha que ninguém descobriu

Chegas como chega o mar.

TEMPESTADES SECRETAS

•abril 10, 2017 • Deixe um comentário

Nenhuma calmaria me hipnotiza
Nenhuma paz me faz descansar
Por isso estou aqui de novo
Gritando silêncios
Invocando tempestades
Incitando turbilhões de poesia
Enlouquecendo cores na beira do mar.

TUBULAR

•abril 5, 2017 • Deixe um comentário

Tubular

Vocês dizem que a minha vida é torta
Eu digo que a minha vida é tubular
Pode parecer loucura
Mas não é pra quem sabe surfar.