LUZES DA GRANDE NOITE – 01. A Estrada

•agosto 20, 2017 • Deixe um comentário

Luzes da Grande Noite 01- A Estrada

Vejo uma reta
E tudo passa
Rápido demais
Vejo a Estrada
Ponta de agulha
Que perfura
E se mistura
Com o espaço
Sinto o vento
Espasmos azuis
Estou sonhando
E tudo flutua
Flecha submersa
Meu coração pulsa
Rápido o bastante
Para continuar
Queimando o asfalto
Sem olhar para trás.

 

Anúncios

PRELÚDIO

•agosto 17, 2017 • Deixe um comentário

Prelúdio

Calei-me de tanto ouvir estrelas
O que mais eu poderia fazer?
Olhe uma vez mais em meus olhos
Existe ainda um brilho que oscila
Uma chama que se afasta pelo corredor
Mas não tema – eu diria se pudesse dizer
Não tema quando a escuridão subir ao palco
Nós pagamos o preço e apenas nós sabemos
O quanto pagamos caro para estarmos aqui
E o quanto tentamos vender barato o ingresso
Para o espetáculo de nossas idas e vindas
Através da Grande Noite que ninguém viu
Então olhe uma vez mais em meus olhos
E me diga – se ainda for possível dizer
Me diga tudo que você é capaz de ver
Sob as luzes oscilantes das estrelas.

 

JARDINAGEM

•agosto 7, 2017 • Deixe um comentário

Jardinagem

São os jardins que me cultivam
São as flores que me colhem
Eu somente me descuido
Eu apenas me entrego.

 

MIROIR

•agosto 2, 2017 • Deixe um comentário

img_9553

Criar nada mais é que refletir
O que todos estão ocupados
Ou distraídos para perceber
Ou indiferentes para sentir.

 

ARTE FACTUS

•julho 19, 2017 • Deixe um comentário

*Imagem feita em parceria com Daniela Karg

Arte Factus

Por hasteares o teu dom de liberdade
Giraste as engrenagens do céu
Fabricaste o infinito.

 

AFORA

•julho 5, 2017 • Deixe um comentário

Afora

Queres explorar?
Supere as respostas
Busque pelas perguntas
Apaixone-se pelo mistério.

 

ENQUANTO ELA ESPERA

•junho 23, 2017 • Deixe um comentário

Enquanto Ela Espera

O vento solfeja cores
Silêncios de luz e sombra
E enquanto ela espera
Eu danço fantasmas
Espirais de folhas ao vento
Eternidades que caem
Primorosamente
No esquecimento.