MÁQUINA DO TEMPO

Máquina do Tempo

O meu futuro se distraiu
E tropeçou nas flores de uma lembrança
O meu agora é uma cambalhota
Que começa pelo fim
E que jamais irá terminar
Enquanto você se lembrar
Da eternidade deste jardim.

~ por jeronimooo em julho 20, 2015.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: