GRAVIDADE ZERO

 

Gravidade Zero

Não preciso estar para ser
Aquela montanha declamando
Estrelas no olhar da criança
Que ninguém sabe o motivo
Dela ser assim tão distante
Como se estivesse partindo
Em um foguete que ninguém viu
De onde veio para onde foi

– Precisamente aqui –

Onde não preciso ver para estar
Pilotando lobos e pássaros
Estrelas no olhar da criança
Que não quer entender para sentir
A total ausência de gravidade
Em noites tão lindas como esta
Que ninguém viu de onde viemos
Que ninguém verá para onde seremos.

 

Anúncios

~ por jeronimooo em agosto 31, 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: