PÍER

Navios que nunca chegam
Despedidas que nunca partiram
E as ondas sempre indo e vindo

A eternidade é uma efemeridade

Portos que nunca se fecham
Olhos que nunca se abriram
E as ondas sempre indo e vindo

A realidade é uma espumosidade.

 

Anúncios

~ por jeronimooo em outubro 15, 2012.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: