FUGITIVO

Estou escapando enquanto me capturam e me jogam no chão
Começo a correr com as pernas e os pulsos acorrentados
Alcanço o meu caderno, agarro na borda de meu coração
E escrevo a verdade enquanto eles lêem os meus direitos

Estou fugindo enquanto me trancafiam em uma cela escura
Vou até a sua porta e te chamo para darmos uma volta
Rasgo os véus, sinto o sol, o vento, o cheiro da chuva
E escrevo a verdade enquanto eles confiscam os meus sonhos

Mas então eu pulo para outro sonho e agora eles não existem
Desperto ao seu lado e nós não temos medo e nem pressa
E enquanto observamos as estrelas girando no horizonte
Um som de sirene passa ao longe e nós apenas sorrimos

Sim, nós também não existimos para o mundo onde eles se aprisonaram.

Anúncios

~ por jeronimooo em abril 18, 2012.

Uma resposta to “FUGITIVO”

  1. Ahhhhhhh sentir o sol, o vento e o cheiro da chuva…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: