CATHARTES

Abençoadas sejam as carcaças realmente devoradas
Que de resto fiquem apenas os ossos, a estrutura
E os argumentos que viram poeira perante o tempo

Abençoada seja cada mordida na pele de cada palavra
Que o fim possa mesmo nutrir aqueles que continuam
E cavam fundo na superfície de uma folha de papel

Abençoada seja qualquer tentativa de saborear a vida
Não através de teorias, moralismos ou convenções
E sim por meio de incondicionais mergulhos em si

Por isso não me condene se um dia você me ver assim
Falando de boca cheia, com o coração entre os dentes
Não me condene, apenas me abençoe e me deixe partir.

 

Anúncios

~ por jeronimooo em abril 16, 2012.

3 Respostas to “CATHARTES”

  1. Odiei coisa escrota… béééé béééé

  2. Não sabia que ovelhas eram tão agressivas! Sou muito mais a sabedoria de um urubu, parabéns pelo texto.

  3. Parabéns, texto incrível, essas palavras me fizeram mergulhar em reflexão. 😀

    “Abençoada seja qualquer tentativa de saborear a vida
    Não através de teorias, moralismos ou convenções
    E sim por meio de incondicionais mergulhos em si”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: