BIG BANG

Estou perdido e não me pertenço
Sou apenas uma voz tateando o espaço
Um sopro em busca de sua própria fonte
Quero expirar um grito primordial

Estou riscado de meu próprio mapa
Não me localizo em nenhuma constelação
Tenho em mim a natureza das luzes errantes
Nasci para buscar mas nunca para guiar

Mas eu sei que a potência dessa escuridão terminará…

Estou refletindo brilhos artificiais
Fogos de artifício em meus olhos
Estou celebrando o fim que vai começar
Outro trem que acabei de perder

Estou desembarcando no centro do alvo
E a noite é uma flecha em meu peito
Veja, o meu coração é um buraco negro
Estou devorando a minha própria solidão

Mas eu sei que a potência dessa escuridão terminará
Em estrelas.

Anúncios

~ por jeronimooo em janeiro 1, 2012.

2 Respostas to “BIG BANG”

  1. Texto escrito nos dias 01/01/2011 e 01/01/2012.

  2. Feliz recomeço meu querido amigo de sonhos!
    Que em 2012 esse blog seja inundado por lindas poesias, sentimentos verdadeiros e sonhos nunca antes sonhados!
    Sempre estarei caminhando por aqui…

    Beijo enorme! ;**8

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: