ALMA

Ela saiu pela porta dos fundos
Mas encarou o mundo de frente
Oito tigres famintos no jardim
E nenhum beijo de despedida

Ela fugiu com os bolsos vazios
Mas conquistou a sua plenitude
Oito espectadores no auditório
E nenhum aplauso no final

A necessidade do predador
Nunca poderá devorar
A sua apaixonada
Coragem.

Anúncios

~ por jeronimooo em dezembro 30, 2011.

Uma resposta to “ALMA”

  1. Lindo, meu amigo! Para fechar 2011 com muita poesia. Que o próximo ano te traga ótimos ventos e muita inspiração! Continue sonhando e compartilhando teus lindos sonhos!

    Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: