MALDIÇÃO

 

Gritei com as mãos
Rasguei o silêncio
Tirei os curativos
E expus a ferida

Mas olha só que ironia
Não é que parece mesmo

poesia?

 

Anúncios

~ por jeronimooo em agosto 12, 2011.

Uma resposta to “MALDIÇÃO”

  1. Revelas-te teu mágico destino
    quando com tua mão gritou
    é a poesia o curativo
    deste imbricado mundo em que estou
    a ferida arde na face da pos modernidade
    que aturdida deixa-se levar
    por uma outra idade reprimida
    donde mesmo a optica não deixava ver
    o que estava para com corona acontecer….
    tua ferida não tem cura, será dor eterna?
    nascida da memoria de Minerva?
    vermelho como mar, vermelho como pena
    Vermelho com sangue ou arrebol
    é a poesia do vate quando quer ser rouxinol!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: