DEMOLIÇÃO

As paredes foram deitadas,
Suavemente, uma por uma,
Como crianças que adormecem
No embalo de uma doce cantiga.

O edifício todo foi aninhando-se
Nos longínquos braços do desabrigo
E agora a materialidade sonha
Com as etéreas realidades do mundo.

Anúncios

~ por jeronimooo em maio 9, 2011.

2 Respostas to “DEMOLIÇÃO”

  1. Lindo…

  2. As etérias materialidades da vida.
    Constroem-se vários falsos sonhos diariamente. Mas às vezes esquecemos de sonhá-los…

    Gostei muito, meu amigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: