MATA HARI

Preencho vazios com espaço
Sobreponho ventanias
Assopro caravelas
E apago as ondas do dia
Nenhuma palavra escapa
Nenhum significado se impõe
Palavras são dunas sussurradas
A flauta de um beduíno perdido
Inspiro a realidade e canto miragens
Então dance, querida dançarina
Dance e faça valer o movimento
Mude fronteiras em seu quadril
Hipnotize o ocidente com o oriente
E leve-me ao centro disso tudo
Saaras na beira de um mar vazio
Caravanas na ponta de meus pés
Leve-me do dourado ao azul
E mergulhe o meu mundo em uma taça
Faça valer esse último gole
Eternize a embriaguez dessa lucidez
E então ame, minha querida amante
Ame e faça valer essa solidão
Ame até que eu possa ressucitar
A viva vastidão desse meu coração.

Anúncios

~ por jeronimooo em abril 23, 2011.

3 Respostas to “MATA HARI”

  1. Só escuta a música.

    ;***

  2. Mata Hari!

  3. Lindo, lindo, lindo.
    Encantadora suas palavras e o sentimento expresso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: