DESAGUADOURO

 

Perdemos a medida no meio do caminho
e tudo passou a ser inteiro, completo,
tudo passou a ser o que realmente é.

Da margem tocamos o fundo das águas,
a essência daquilo que nunca se prende,
nem com rede, nem anzól, arpão ou poesia.  

Então a profundidade desamarrou a superfície;
já não somos mais os descendentes do cativeiro
e não somos os filhos de nenhuma tradição.

Nos dirigimos para o mar e para as estrelas
e começamos a reconhecer a voz de nossos pais,
sempre chamando, sempre incitando a ir em frente.

E nos becos mais imundos nós fomos encontrados;
E nos palácios mais pomposos nós fomos reconhecidos;
E das feridas mais abertas nós recebemos a vida!

Então corremos como deuses descalços pelas ruas,
interrompendo o fluxo desumano de nossas veias,
para enfim nos tornarmos aquilo que realmente somos:

Gotas de nada a meio caminho de tudo.

 

Anúncios

~ por jeronimooo em fevereiro 11, 2011.

2 Respostas to “DESAGUADOURO”

  1. Estamos em frequencias semelhantes.
    Por isso te reconheco, irmao lobo.

  2. […] This post was mentioned on Twitter by Nanda Corrêa, douglas evangelista. douglas evangelista said: RT @nanda_kammi: ❤ RT: @jeronimo_sanz (SonhoNoSonho) "Desaguadouro" – http://tinylink.in/BN7 […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: