VIAGEM PARA LUGAR NENHUM

 

E uma vez que você abre a janela do carro
E o vento bagunça ainda mais os nossos cabelos
Desarrumando toda a ordem das coisas do mundo
Trazendo os cheiros de lugares que nunca chegam
Insinuando canções que ecoam de estradas vazias
Estradas que se perdem porque assim foram feitas
Como aquele balanço naquela árvore na beira do abismo
Uma diversão concebida sem levar em conta o perigo
E uma vez que somos crianças e não temos medo disso
E uma vez que somos o que sentimos nesse exato instante
Nós nos deixamos levar no banco de trás de um sonho
Com os vidros abertos para a realidade de nossos corações.

Anúncios

~ por jeronimooo em setembro 17, 2010.

4 Respostas to “VIAGEM PARA LUGAR NENHUM”

  1. “A viagem não acaba nunca. Só os viajantes acabam. E mesmo estes podem prolongar-se em memória, em lembrança, em narrativa.”
    José Saramago

    P.S: Sou sua fã… ;D
    e o “Sonho no Sonho” será sempre uma grande fonte de inspiração. Obrigada por alimentar a minha arte com sua poesia.

    • Obrigado, Nanda!! Eu fico muito feliz mesmo, muito! (Imagine alguém que vc é muito fã dizer que é fã de vc… É por aí, rsrs!). Sempre fico maravilhado com a sua arte! Poia assim como tem gente que faz poesia “filmada” ou “esculpida”, você faz poesia “pintada”… Mas antes de tudo você faz poesia “vivida”! E isso também sempre estará me inspirando!

  2. Nossa, é bem assim mesmo que me sinto… no banco de trás de um sonho. Por isso não consigo guiá-lo, pois não depende só de mim. Uma vez achei que podia, mas agora caí na real.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: