UM PASSO PARA FORA DO NINHO

 

Não te espero esticando as mãos no espaço esvazio, como quem tenta deter o vôo de um pássaro que nem nasceu. Quero apenas acariciar os longos fios dessa distância, estica-las entre meus dedos até que se faça romper o perfume das mais inacessíveis fronteiras. E então eu poderei dar um passo adiante, um passo sem gravidade, um passo que sorri e atravessa, num único movimento, toda a extensão do tabuleiro onde as regras jogam contra a minha inocente irresponsabilidade. E então eu poderei abraçar a rainha branca e pinta-la com as cores dos reinos desgovernados de onde nascem os pássaros mais raros de minha saudade.

Anúncios

~ por jeronimooo em agosto 31, 2010.

3 Respostas to “UM PASSO PARA FORA DO NINHO”

  1. (todo pássaro já nasce com saudade do céu)

  2. […] This post was mentioned on Twitter by Nanda Corrêa, Jeronimo Sanz. Jeronimo Sanz said: (Sonho no Sonho) – Todo pássaro já nasce com saudade do céu… http://tinylink.in/5VZ […]

  3. Eu gosto em prosa, em poesia. Tudo lindo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: