NÃO-LUGAR

 

Paisagens de territórios desmarcados
Não há um só vestígio do que passou
Momentos eclodem desses sólos eternos
E num piscar de olhos eu te espero surgir
Estrelas nascem, se consomem e desaparecem
E num piscar de olhos eu te abraço até o fim.

Anúncios

~ por jeronimooo em agosto 23, 2010.

2 Respostas to “NÃO-LUGAR”

  1. “Diz-se da eternidade que é, não uma extensão do tempo, mas uma ausência dele”. Graham Greene

  2. Cuidado ! Ao invés de pensar em um não-ligar, pense em todos os lugares. Os momentos, as palavras e os carinhos trocados e divididos não podem ser mais roubados. Isso é só de quem experimentou, de quem viveu e de quem sentiu. Ou seja, não existe um lugar no mapa que se possa encontrar o onde viver isso novamente, pois isso já faz parte de você. Permita-se vivenciá-lo a todo momento, basta apenas você lembrar e criar. Lembre-se de viver o agora e sentir o hoje. E num piscar de olhos estamos juntos novamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: