VERTIGEM

 

Não pude mapear o vôo perdido
Vertigens riscadas no chão
Invente um alfabeto vertical
E eu soletrarei abismos em seu ouvido

Não quero te deixar assustada
Já te conheço o bastante
O suficiente para escrever
Que a vertigem de todo pássaro é a raíz

Então suba comigo nessa árvore
A criança que sorria
Não chora mais em nós
Será que agora ela alcança aquela maçã?

Mas veja: o sol já está se pondo
Silencios horizontais
Tudo está por um fio
É nessa hora que os pássaros aprendem a voar.

Anúncios

~ por jeronimooo em agosto 19, 2010.

2 Respostas to “VERTIGEM”

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Má Khalil, Jeronimo Sanz. Jeronimo Sanz said: (Sonho no Sonho) – A vertigem do pássaro é a raíz… http://tinylink.in/5KH […]

  2. “Quando eu estiver contigo no fim do dia, poderás ver as minhas cicatrizes, e então saberás que eu me feri e também me curei.” Tagore

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: