ROSEIRAL

 

Não pude seguir o seu conselho
Não pude esperar nem um segundo
E eu sei que estou me precipitando
Oferecendo flores que nem nasceram

Mas a cada semente que deixamos cair
Brota no chão a beleza da possibilidade
Um dia alguém abrirá essa velha porta
E oferecerá flores para o desconhecido

Você se surpreenderia se fosse você?

A verdade é que não nos conhecemos
Mas ninguém nunca esteve tão perto
Mesmo que ir e vir dê sempre no mesmo
Eu te ofereço o mistério desse perfume

E a cada passo que damos no mesmo lugar
Brota em nossos pés a leveza de uma dança
Um dia eu botarei fogo nessa velha porta
E me oferecerei às flores mais vermelhas

Você se surpreenderia se fosse você?

Anúncios

~ por jeronimooo em agosto 10, 2010.

14 Respostas to “ROSEIRAL”

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Nanda Corrêa and Mª Eduarda Ignacio, Jeronimo Sanz. Jeronimo Sanz said: (Sonho no Sonho) – Você se surpreenderia se fosse você? http://tinylink.in/5AZ […]

  2. Eu me surpreenderia! Muito booom!

  3. “há uma falha… uma falha em tudo e é assim que a luz entra”…
    não seja tão inocente! não se embriague com a força de seu sentimento! Veja os egípcios e os maias com suas pedras cortadas tão rente que nem mesmo a luz atravessa. Veja os blocos de construção da mente! Qual a falha que um sonho pode ter?
    Não se engane com o brilho de sua esperança!
    E eu te digo que não me surpreendo! Ou você ainda acha que há mais alguém?

    • Sim, eu realmente me engano muito facilmente com qualquer fagulha que surge no meio da noite. Mais do que isso: eu me surpreendo! E se isso é uma falha, então é por essa fresta que irei respirar. E isso não se trata de esperança. É apenas uma certeza irracional de um tolo com uma rosa na mão.

  4. Meu amigo poeta,
    você sabe que uma pedra nunca toca outra, que há imensos espaços entre cada átomo… mas você também sabe que cada átomo é só vazio condensado, cruzamento de supercordas que os físicos imaginaram… e você também sabe que essas cordas vibrando fazem música, mas não como fundo nem acompanhamento… e você sabe que se falarmos dos vazios e silêncios e certezas irracionais e ainda colocarmos rosas… bem, tudo isso gahna uma estética e nasce um prazer, uma sensação de beleza… parece até que estamos falando de algo, talvez até de Algo com a maiúsculo.
    Mas, meu amigo poeta, você também sabe que já passamos por isso, vimos tudo isso e sim, eu sei que você se engana, mas discordo do fácil. Veja quanta construção, ainda que de nada, que cultivamos para que possamos justificar nossos enganos!

    • Não, tudo que eu sei é que a matéria prima primordial de tudo é o mistério. E isso mantém tudo sempre em jogo, até mesmo o que sabemos ao longo de tudo que já vimos e presenciamos.

      • Sim, tudo está em jogo, principalmente o que sabemos ao longo do que vimos e presenciamos… e também nossas explicações sobre o que sabemos como experiência. Isso não porque a matéria prima seja mistério, mas pelo contrário, porque nosso conhecimento vem de nossas certezas. O saber, se ele existe, está além de certezas e dúvidas, de conhecido e desconhecido. Por isso estes posts-cogumelos, porque toda nossa prosa é manca, se enrola em suas palavras. Quando digo que sei, sei que não sei, mas se sei que não sei, como posso dizer que sei, e se não sei, como posso dizer que sei que não sei? Tudo porque sei que não sei, porque tenho certeza de minha dúvida. Seria fácil ou mais simples se apenas soubesse, ou se apenas não soubesse, então poderia declarar que a matéria prima é um mistério. Não o posso. Por isso estes posts-cogumelos, como se fossem frestas por onde o ar ou a luz entra. Ah poeta! como você está perto da Compreensão… e, ao mesmo tempo, nenhum de nós poderia ser mais tolo!

  5. Se um desconhecido te oferecer flores, isto eh Impulse.
    Sorry, nao resisti. Meu lado pateta persiste.

    Voce ainda tem esperancas, nao sei se isso eh bom ou ruim. Eu mesmo devo ter, entao deve ser ruim, porque eu tenho a tendencia de me apegar a coisas invalidas.

    • Esperança ou idesistência?
      Tolice ou intuição?
      Veja só, vou te dar um exemplo (e vc sabe que não sou disso mas eu também não resisto de vez em quando).

      Vamos extrair agora o sumo do mistério de algo aparentemente banal:

      “Se um desconhecido te oferecer flores, isto é Impulse”

      Quando o desconhecido nos oferece a oportunidade de nos lançarmos em seus domínios, do que vc mais precisa? Sim, de IMPULSO! Perfeito, Kali!

      Então responda para si mesma agora: o que te impulsiona?

  6. Lindo.
    Também me sinto com as mãos cheias de flores e a porta aberta, esperando o desconhecido chegar.

  7. quem não?

  8. Há um ponto que a discussão vai tão longe que o motivo da discussão se perde. Resta apenas o prazer de pensar e discutir. Você tem o poder de provocar e fazer pensar, não? Por isso você enriquece cada pessoa que passa pelo seu caminho. E, apesar de não parecer (não que isso seja um defeito), você tem os pés no chão. Há uma separação sutil entre a sua poesia e a sua vida. E é assim que deve ser… a poesia serve para tornar as coisas mais fáceis ou para descobrirmos algo sobre nós mesmos ou apenas pra arrancar de nós o que está nos incomodando. Não é a verdade absoluta, mas é a miragem que nos faz ter esperança. E sem esperança, não tem como haver vida.

  9. * – *

  10. Ameeeei o poema! Cheio de inocência, beleza.
    Também gostei da discussão, estão todos tão certos.Penso que todos somos espelho: seu reflexo em mim vai ser sempre contrário, mas por dentro somos um pouco de tudo, o espelho. Sempre vai ter alguém que se assume “um tolo com uma rosa na mão” e sempre um outro vai preferir não se surpreender. Entretanto, somos as duas verdades, basta decidir que máscara usar. Apesar de ser uma questão de escolha, não é possível esquecer a existência do outro lado. Talvez fingir …

    Mas o importante é que os poemas estão muito bons! Já estava com saudade do seu modo de escrever. 😛

    Beijão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: