O INFINITO EM QUATRO PASSOS

 

O primeiro passo desamarra
As feras estão livres agora
O quintal se torna perigoso
Mas isso nos mantém atentos

O segundo passo acelera
As ruas estão vivas agora
As curvas ficam arriscadas
Mas isso afasta o tédio

O terceiro passo decola
Os sonhos se realizam agora
As alturas se tornam fatais
Mas isso nos mantém sorrindo

O quarto passo perde a conta
Já não se sabe de mais nada
Tudo é verdadeiro e possível
E isso se torna a nossa paixão.

Anúncios

~ por jeronimooo em junho 28, 2010.

2 Respostas to “O INFINITO EM QUATRO PASSOS”

  1. “A nossa pálida razão esconde-nos o infinito” – Rimbaud

  2. Seus textos são fantásticos, sabia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: