ANDARILHO

 

Nunca se chega e é assim que continuo
Meus passos são um barco desancorado
Atravesso noites de sonhos circulares
Cirandas e desencontros que se abraçam
E se perdem pelos olhos quando se deitam

Minhas manhãs não começam quando acordo
Saio pelas ruas mas as ruas nunca saem de mim
Não há um instante que se possa medir o tempo
Nunca se chega na hora de chegar até aqui
Agora não se chega, simplesmente continua.

Anúncios

~ por jeronimooo em abril 20, 2010.

2 Respostas to “ANDARILHO”

  1. Tu vens, tu vens
    Eu já escuto os teus sinais
    Tu vens, tu vens
    Eu já escuto os teus sinais…

  2. Mesmo que não se chegue, o continuar é uma chance a mais de se chegar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: