PASSAGEIRO

 

Caminhos que refletem o céu
Poças da chuva que passou
Aquarelas de outono
Tudo escapa entre os dedos
Mas essa é a verdadeira arte
Chuvas que vem e vão
O que vive está passando
Deixem cair essas estátuas
Essas réplicas do que fomos
Deixem quebrar a Eternidade
E vamos saltar sobre as poças
Como crianças que nunca deixamos de ser.

Anúncios

~ por jeronimooo em abril 17, 2010.

3 Respostas to “PASSAGEIRO”

  1. o fim da eternidade eh o comeco da vida !!

  2. eu gosto de saltar nas pocas. Surpresa eh quando o que parece uma pocinha eh na verdade um profundo poco (ficou estranho sem a cedilha, hehehe).

  3. Tudo é efêmero como as poças de água e, ao mesmo tempo, tudo o que queremos e que nos marca profundamente é eterno nas nossas lembranças. Então vamos saltar sobre as poças enquanto ainda há tempo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: