JORNADA

 

 

Estive vagando pelos salões do Paraíso
E agora os meus sapatos estão sujos
Estive discutindo com os domadores da Sabedoria
E agora as palavras estão presas em minha garganta
Estive sonhando com a exatidão da Verdade
E agora eu me viro de lado e não consigo mais dormir
Estive seguindo a pulsante marcha do Coração
E só agora me dei conta que vim parar nos braços da Solidão

Será uma longa jornada para voltar
Ao ponto de não retorno
Será um longo caminho de volta
Até o meu lugar nenhum.

Anúncios

~ por jeronimooo em dezembro 10, 2009.

2 Respostas to “JORNADA”

  1. “Pienso que un sueno parecido no volvera mas
    Y me pintaba las manos y la cara de azul
    Y me improviso el viento rapido me llevo
    Y me hizo a volar en el cielo infinito

    Volare,
    Cantare,
    Nel blu dipinto de blu
    Felice de stare lassù”

  2. Agora os meus sapatos estão sujos
    As palavras presas na garganta
    Não consigo mais dormir
    Vim parar nos braços da solidão
    E…
    Ninguém poderá dizer que morri sem espernear

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: