UM BRINDE (SLOWTÁ!)

 

O arquiteto está desconstruindo
Desse templo só restarão os sinos
Ouça o badalar de nossas solidões
Um brinde que atravessa fronteiras
Duas taças que se chocam e se quebram
Duas taças que se reconhecem e se misturam
O arquiteto está vagando entre as ruínas
Ninguém poderia planejar o nosso abraço.

 

Anúncios

~ por jeronimooo em dezembro 8, 2009.

2 Respostas to “UM BRINDE (SLOWTÁ!)”

  1. Demais!! Muito forte!

  2. não vou escrever pq vão apagar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: