PEREGRINO

 

Preciso fugir de quem eu persigo
Preciso calar sem baixar a cabeça
Lá no alto havia uma ave
Mas agora ela mergulha
Para onde vou agora?
Para onde foi o agora?

 

Anúncios

~ por jeronimooo em dezembro 6, 2009.

4 Respostas to “PEREGRINO”

  1. é impressionante como me vejo através das tuas palavras, com os seus textos eu volto para um lugar que deixei para traz, mas que nunca tranquei a porta, no fim o meu passado sempre será o agora…saudades sempre de momentos que eu nunca obtive respostas…

  2. “Lembre-se de um dia anterior ao de hoje
    Um dia quando você era jovem
    Livre para brincar sozinho com o tempo
    A noite nunca vinha
    Cante uma melodia que não pode ser cantada
    Sem beijos matutinos
    Rainha – você poderá ser o que desejar
    Procure pelo seu rei
    Por que não podemos brincar hoje?
    Por que não podemos ficar daquele jeito?

    Suba na sua macieira favorita
    Tente capturar o sol
    Esconda-se da arma do seu irmãozinho
    Sonhe contigo ausente
    Por que não podemos alcançar o sol?
    Por que não podemos soprar os anos para longe?
    Soprar para longe
    Soprar para longe
    Lembre-se
    Lembre-se”

    (trad. de Remember a Day, Pink Floyd)

  3. E eu fico aqui
    Sonho no sonho
    É como se aqui fosse
    Um tipo de meta-sonho

  4. sim…”a peleja é longa e, no fim,
    é só você contra você mesmo”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: