DESPEDIDA

 

meteor_shower

Diga que não irei agora, estou caindo do cavalo, do camarote, sou um sol se pondo na fotografia amassada, revirado pelo tempo, abençoado pelo movimento. Estou assombrado pelo trem paralisado, vejo vagão por vagão, em cada janela há um rosto que acena, mas eu tento,(e diabos, como tento!), mas eu continuo caindo, sem asas, sem passagem para voltar atrás, sem ao menos um mínimo de compostura para me despedir adequadamente. Mas não importa, logo todos estarão caindo também, como uma chuva de estrelas, todos irão resplandescer ao atingirem a atmosfera. E do lado de cá de nossos olhos de criança nós iremos saudar a noite mais linda de nossas vidas. Diga então que não irei agora. Diga que eu já fui.

Anúncios

~ por jeronimooo em maio 5, 2009.

3 Respostas to “DESPEDIDA”

  1. aahh lindo, lindo!

  2. meus olhos marejaram …

  3. Você já sabe… As palavras escapam.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: