POR DO SOL NO CEMITÉRIO

óleo sobre tela de um caminho sem moldura

sunset-door

Ela atravessava o jardim
E nós estávamos lá
Todos de luto
Cercados pela tumba da rigidez dos dias
Mas ela tinha outras cores na manga
Uma pincelada em cada passo
Deixando desenhado
Na distancia percorrida
Um sopro de vida que me fez erguer os olhos
E encontrar
Entre o dia e a noite
Um outro jardim.

Anúncios

~ por jeronimooo em abril 17, 2009.

Uma resposta to “POR DO SOL NO CEMITÉRIO”

  1. Da pedra ao sol
    Da primavera às areias
    Da distância, o silêncio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: