COLEÇÃO OUTONO-INVERNO 2009

 

redon

Corações roucos de tanto gritar
Tambores vazios de tanto atirar
Palavras?
Todas em vão!
Há um lobo no pescoço de cada paixão
Mas é só um acessório
Cachecól de luxo
Voce não sabia?
A última moda é ignorar a dor
Banalizar o sangue
Deu ontem no jornal:
A liberdade acordou imobilizada
Uma algema em cada pulso
Mas foi só por fetiche
Pressinto muito mais
Aqui a passarela é escura
Não há flashs
Não há desfile
Aqui a noite é plena
A solidão é devastadora
O amanhecer é inevitável
E nós somos um mero detalhe.

Amaremos uns aos outros?
Doa a quem doer?

Anúncios

~ por jeronimooo em março 30, 2009.

7 Respostas to “COLEÇÃO OUTONO-INVERNO 2009”

  1. Doa a quem doer!

  2. senão dói mais…

  3. sentimentos viraram acessórios …

  4. “o seu amor… ame-o e deixe-o, ser o que ele é”

  5. amar é o essencial, a dor é que é somente um acessório

  6. ‘A vida veio e me levou com ela. Sorte é se abandonar e aceitar essa vaga ideia de paraiso que nos persegue, bonita e breve, como borboletas que só vivem 24 horas. Morrer não doi.’

  7. Arrepiei…juro q pensei nessa frase qndo vi esse post…

    “O amor é o ridículo da vida. A gente procura nele uma pureza impossível, uma pureza que está sempre se pondo, indo embora (…) morrer nao dói.”
    ;’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: