REESTRELAS

 

_poster001

Desencontro de fronteiras que colidem
Soldados que avançam para o lado errado
Inocentes enfileirados na forca
Os heróis fugiram
Os sonhadores acordaram
E um a um
Todos perceberam
Bandeiras que ignoram o vento
A inércia de um mundo que corre contra o tempo
E aqui eu estava
Caindo no mesmo buraco de sempre
Foi quando vi ela passando
Estrelas enroscando em seu vestido
Foi quando vi ela se afastando
E agora há um astronauta sitiado
Entre a saudade e o espaço vazio
E agora eu tiro a poeira de meus sonhos
Recarrego as minhas armas
Desenrolo as bandeiras na janela
Beijo a face de meus pais
Me despeço do buraco
E saio para reencontrar as estrelas.

Anúncios

~ por jeronimooo em março 23, 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: