MONTSÉGUR

 

500_fogo

Fogueira estalando
Percussão do fogo
Os desabrigados dançam
E a realeza morre de frio
Fogueira no auge
Fogo sublime
Pecadores gritam “aleluia”
E os santos assistem pela televisão
Fogueira faminta
Fogo apaixonado
Prisioneiros se libertam
E o carcereiro se masturba na cozinha
Fogueira viva
Respiração do fogo
Feiticeiras que despertam
Inquisidores que são esquecidos
No exato instante que o sol raiou.

Anúncios

~ por jeronimooo em fevereiro 4, 2009.

3 Respostas to “MONTSÉGUR”

  1. Além da visao Jeronimo..poucos podem ver!!!
    Alguns podem sentir!

  2. Estou a ler O Sangue dos Inocentes, de J. Navarro, e fiquei curiosa por Monteségu, que desconhecia totalmente. Encontrei o seu blogue e andei aqui e ali a bisbilhotar… gosto!

  3. Estou a ler O Sangue dos Inocentes, de J. Navarro, e fiquei curiosa por Montségur, que desconhecia totalmente. Encontrei o seu blogue e andei aqui e ali a bisbilhotar… gosto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: