CAMINHO DA ROÇA

 

chuva

E agora eu sei
Pois a chuva me alcançou
Peregrinos sem direção
Terras sagradas de ninguém
Caminho da roça
A lavadeira recolhe as toalhas
Bandeiras que irão esperar pelo sol
Mas já é fim de tarde
E é apenas o princípio de uma chuva mais forte
Sim, eu sei
Mas não importa
Sempre sou surpreendido
E no meio da queda
Acabo sorrindo
Folia de Reis
Estandarte sem adornos
Para-raios abençoado
Fanfarra de Rainhas
Fogueiras elétricas
E minha febre é valvulada
Modernidade urbana primitiva
Não tenho como escapar disso
Assim como aquele punhado de bois
Não há como fugirem do cercado
Do que estou fugindo então?
Sim, agora eu sei
Nada disso importa
A chuva me alcançou
E eu voltei a sorrir.

Anúncios

~ por jeronimooo em janeiro 16, 2009.

Uma resposta to “CAMINHO DA ROÇA”

  1. ….continuaremos sorrindo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: