PROFUNDIDADE

 

a_beira_do_abismo

Santos que se erguem das sarjetas
Flôres que o lixeiro guardará como se fossem ouro
Palhaços que descem do céu
E há um sorriso forçado em cada rosto que vejo
Elevador enguiçado
Vôo horizontal
Na extensão onírica de minha cama
Um continente se desdobra
Mas não há nada de novo
É apenas um espelho deitado
Profundidade interrompida
A ciência não tinha razão
O mundo é realmente plano
Eles dizem que há tantos abismos por aí
E que é preciso ter cuidado para não desabar
Mas somente em seus olhos eu perco o chão
Somente em seus olhos eu pude descobrir
A rara possibilidade de voar
No gosto vertiginoso do real perigo de cair.

Anúncios

~ por jeronimooo em dezembro 30, 2008.

2 Respostas to “PROFUNDIDADE”

  1. Espero que perca o chão em meus olhos… e que possa voar e cair em meus braços…

  2. o…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: