AINDA ASSIM

 

risco-de-luz

Madrugada rastreada
Palavras que não apaguei
E que agora me acusam
De traição
Uma lua motorizada
Combustível que desperdicei
E agora eu caminho no escuro
Sem salvação

Ainda assim
Essa é uma bela noite
Para acordarmos

Gaiola quebrada
Par de asas que nunca usei
E que agora me prendem
Rente ao chão
Espingarda sem bala
Assassinos que salvei
E agora vejo-me na mira
Sem compaixão

Ainda assim
Essa é uma bela oportunidade
Para voarmos.

Anúncios

~ por jeronimooo em dezembro 29, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: