O QUE AINDA RESTA

 

the_edge_of_nowhere1

Eu não te acordaria por tão pouco
Mas já que você está assim
Com os olhos arregalados
Não hesitarei em abrir as cortinas
Então veja
Essas ruínas já estavam lá fora?
Ou será que eu perdi o melhor da festa?
A humanidade foi embora
Não sem antes executarem
A sangue frio
O verão de minha infância

Eu não te amaria por tão pouco
Mas já que você não passa de uma lembrança
Que fecha meus olhos lentamente
Não hesitarei em abrir a porta
Então sonhe
Havia mesmo todo esse deserto?
Ou será que não passo de uma miragem?
Os deuses foram embora
Não sem antes jogarem
Na minha cara
Que não existe Paraíso

Eu não me renderia por tão pouco
Mas já que estou assim
Completamente perdido
Não irei me ajoelhar e implorar por misericórdia
Meu coração sempre esteve aqui?
Ou será que foi você que trouxe ele de volta?
Mas não há mais ninguém nessa festa
E eu estou indo embora também
Não sem antes olhar em seus olhos
E sorrir.

Anúncios

~ por jeronimooo em novembro 23, 2008.

Uma resposta to “O QUE AINDA RESTA”

  1. aquela grande e escurecida nuvem que passou e nao nos molhou serviu ao menos para acobertar nossos olhos jah calejados de tanto sol…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: