DE RELANCE

 

Eis o começo do fim
Palavras que serão esquecidas
Pontes que estão sendo queimadas
Eu sou o forasteiro
Mas você é o mistério
Rock dolorido
Johny Cash todo de preto
Invocando um arco-íris
No olho do furacão
Cazuza todo de branco
Fugindo do hospital
Para morrer no mar
Espumas coloridas
Eu sou a onda
Mas você é o mergulho
Primavera interrompida
Flôres que não conhecerão o sol
Eis-me aqui
Todo de prata
Uivando pela lua que foi soterrada
Porta dos fundos
Saída de emergência
O fogo se alastra
Eu fui a semente
Mas você não é mais a colheita
Amor ao primeiro relance
Eis o começo do fim!

 

Anúncios

~ por jeronimooo em outubro 27, 2008.

2 Respostas to “DE RELANCE”

  1. Um prenuncio?

  2. “Se for pra eu fracassar
    Você estaria lá pra me aplaudir
    Ou você se esconderia atrás deles?
    Se eu tiver que ir,
    No meu coração você crescerá
    E lá é o seu lugar”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: